• O MELHOR TORRESMO DE MINAS GERAIS

  • ELEITO O MELHOR PUDIM DA EUROPA

  • BEM-VINDOS A TOSCANA MINEIRA

  • MINAS COMEÇA AQUI

  • SABORES QUE CONTAM HISTÓRIA

Nossa história

O Armazém Bertolotti tem muita história para contar, afinal são 129 anos de tradição. Localizado em um sítio na cidade de Extrema, MG e conhecido como “Venda” pelos moradores da região, o Armazém originalmente foi criado para atender apenas moradores da fazenda e hoje o restaurante é reconhecido pela melhor comida mineira, passando pelo premiado torresmo (eleito o melhor de Minas Gerais), a fabulosa polenta frita, as saborosas porções e o famoso pudim, reconhecido internacionalmente.
Venha nos conhecer e sinta-se em casa!

J. E. Bertolotti

A CASA

Aqui você se sente em casa
Somos a 5º geração do Armazém, que tem muita história pra se contar. A Venda foi criada para atender apenas os moradores da fazenda, até quando meu bis avô, Angelo Bertolotti, passou a cuidar dos interesses da família. Como ele bebia muito, fazia péssimos negócios, e a fazenda foi se acabando. Nossa Bisavó, Servilha Bertolotti, teve que tomar frente dos negócios para não perder o pouco que lhes restou. E foi na Venda que ela passou a reerguer o nome da família. A avó Servilha fez com que meu avô, Tica Bertolotti, tomasse conta da Venda quando ele completou 9 anos. Ali ele se casou, criou os filhos, tornou-se político e foi um marco na cidade de Extrema e região. Ele e minha avó tiveram 7 filhos (Benedita, Cíbila, Venina, Ferrante, Acássio, minha mãe também chamada Servilha e Marcelo). Quando meu avô faleceu, meu tio Ferrante passou a cuidar da Venda, que depois passou para seu filho Alexandre que ao deixar a Venda quase se acabar, minha mãe assumiu a mesma em 2005. Meu pai que era caminhoneiro, deixou a estrada para ser comerciante, e ele junto com minha mãe e meu irmão Eduardo foram trabalhar na Venda, que fazia o suficiente pra comer o prato de arroz e feijão todo dia, como dizia a Vó Tica. Para minha avó o importante eram todos os filhos e netos estarem próximos dela. Ela e o tio mais velho dos Bertoltti, o Tio Zinho, sempre diziam que a sorte do meu pai e minha mãe estava na Venda. Minha avó faleceu aos 91 anos em dezembro de 2005 de câncer, e 6 meses depois, perdemos nossa mãe em um acidente de carro. A Venda era o orgulho maior da minha mãe, e meu super pai superou a depressão nela, cuidando daquilo que minha mãe mais adorava ter. Estávamos passando por um período muito difícil, problemas financeiros, depressão, dor! Pedíamos muito a ajuda de Nossa Senhora de Aparecida e Santa Rita de Cássia, que intercedesse pela nossa felicidade. Foi quando nos convidaram para participar de um Festival de Comida de "Buteco" do Sul de Minas, que iria acontecer na cidade de Extrema. Eu estava devendo muito na faculdade, e achava que se fossemos participar, poderia levantar o dinheiro que faltava para quitar a 1º parcela da dívida com a Universidade. No 1º dia de atendimento ao público, já havia esgotado nosso estoque, e o dinheiro era o suficiente pra quitar toda a dívida. Nas ruas da cidade todos diziam que o Torresmo dos Bertolotti era o prato campeão. Realmente ganhamos o Festival, participamos de outros festivais e em todos fomos ganhadores. A Venda cresceu, tivemos que ampliar. Depois do Torresmo, veio a Costelinha de porco com mandioca frita, que sempre os clientes pediam que servíssemos o almoço como acompanhamento. Hoje em Extrema e em outras cidades e estados, somos famosos pela melhor comida mineira, o melhor torresmo de Minas Gerais; e pelo Mundo a fora, um dos Melhores Pudins que temos a honra de preparar. O pudim é uma receita de nossa Mãe, que só meu irmão Edu sabe e conseguie fazer igual à Ela, quando fomos informados que o pudim era campeão do festival Europeu, não sabíamos o que dizer pois era necessário contar o toque gourmet do prato, porém ele não era nada gourmet! E contamos a simples verdade: como era a receita de nossa mãe e seu sonho era ter uma vida melhor, dizíamos a Ela que quando fossemos grandes íamos ter bastante dinheiro e levaria ela conhecer o mundo todo. Como em 2014 já havíamos perdido Ela, com a sua receita, o pudim era uma forma de levar Ela para conhecer o Mundo, e o Mundo (chefs de toda Europa ali presente) aplaudiram Ela em pé com fervor. Como já foi dito, este Armazém não é simplesmente um Restaurante, é nossa História, é a nossa Família, é o nosso presente e futuro, pois servimos e fazemos com amor, tanto que não fidelizamos clientes, conquistamos amigos e os recebemos em ‘NOSSA CASA”. Temos muito orgulho de nossas raizes, de nossos valores e somos infinitamente ricos pelo amor que une nossa Família ao nosso Armazém.

CONHEÇA AS NOSSAS DELÍCIAS

MINAS GERAIS COMEÇA AQUI

VEJA O CARDÁPIO

NOSSO CARDÁPIO

Venha provar nossas delícias
  • O pudim mais gostoso do mundo

  • Premiado no European Festival

  • THE BEST OF THE WORLD

De Minas para o mundo

Prêmios

De Minas Gerais para o mundo

PRISCILA

O restaurante parece a cozinha de uma fazenda com seu imponente fogão de lenha e suas mesas dispostas ao ar livre completa a magia do local. Sabor incomparável das carnes e do bolinho de linguiça com queijo sua especialidade. O pudim é um néctar dos deuses e no final ainda é possível fazer umas comprinhas no armazém e levar as guloseimas para casa.

MARCELO

Segui as indicações lidas por aqui e realmente foi uma experiência deliciosa! Local com mesas ao ar livre, decoradas, redes para descanso, lojinha com produtos locais.
Fomos no serviço de buffett, difícil comer tanto! O que ajudou foi o "aperitivo" servido pelo dono do restaurante, que aliás é super gentil e atencioso.

VANESSA

Restaurante incrível!
O ambiente é super aconchegante e descontraído, a decoração é linda e a comida excelente! Pra completar, tem cervejas artesanais muito boas e bem geladas! Como se já não fosse o suficiente, o atendimento é ótimo e o Jair divertidíssimo!
É imperdível pra quem passar ou estiver em Extrema!